Olá parças. Começamos esse post sobre finalização no futebol lembrando que os imortais também fazem aniversário e, hoje, dia 30 de outubro de 2020, o mundo comemora os 60 anos de um dos maiores futebolistas que já caminhou pelas canchas desse planeta: Don Diego.

Como se não bastasse, semana passada também foi a vez do Rei Pelé completar 8 décadas de vida aqui na Terra. Por isso, nada mais justo que começar esse conteúdo citando dois dos finalizadores mais geniais que o mundo conheceu.

Feitas as devidas homenagens, vamos ao que interessa, a razão pela qual, provavelmente, você entrou aqui: aprender mais sobre finalização e como melhorar o seu chute a gol. 

Essa parada é bem importante para levar o seu jogo para outro nível. Ajudá-lo nisso sempre foi a missão da Joga, por isso, respire aliviado amigo boleiro. Nós nunca te deixamos na mão e não vai ser agora. Aqui o craque é você, então, se liga nessas dicas e vamos para cima.

Finalização no futebol: a primeira dica

O matador sempre faz contato visual com o goleiro antes de chutar. Em qualquer situação de jogo, no momento que o camisa 1 percebe que o jogador deu aquela olhada antes de finalizar… já sabe que sua missão vai ser difícil. Pode-se dizer que o pesadelo de quem está no gol é esse olhar antes da finalização.

Grandes artilheiros demonstraram através dos tempos que não é necessário chutar forte para marcar um gol. Ás vezes, apenas um leve toque é o suficiente para deixar o goleiro ali – bobo sem ação, olhando a bola entrando de mansinho.

Quem já esteve no gol alguma vez sabe que é bem melhor encarar um atacante que chuta com os olhos fechados (ou abaixa a cabeça), ou ainda, aqueles que chutam forte demais, porque quase sempre, fecham o ângulo e mandam a bola na direção do goleiro.

Por isso, aqui vai a primeira dica essencial para melhorar a sua finalização no futebol:  sempre olhe para onde você vai chutar.

Finalização no futebol: técnica e conceitos iniciais

Claro que você não vai aprender fazer isso de uma hora para a outra. Somos meros mortais, lembra? Mas com o tempo e treino, com certeza, vai desenvolver a habilidade necessária para interpretar qual  movimento deverá ser executado em um espaço curto de tempo. Futebol é estratégico.

Quase todas as técnicas utilizadas no futebol são realizadas em um espaço de tempo reduzido, o que exige dos jogadores uma resposta rápida e, na maioria das vezes, precisa. É exatamente essa execução que diferencia um jogador de outro, definindo-o como bom ou ruim.

No entanto, se por um lado, a técnica é padrão de movimento (inclusive, a maioria dos esportes possuem regulamentos para definir especificamente o que é permitido ou não), a criatividade (e muitas vezes a sorte) faz parte da essência do futebol.

como driblar mais rápido

Toda essa contextualização foi para esclarecer que a finalização no futebol não possui um padrão pré-determinado e muito menos um movimento repetitivo. O chute pode ser de bico, com a parte interna ou externa do pé, de calcanhar, com rotação para a direita ou para a esquerda… Algumas vezes, a finalização nem é feita necessariamente chutando…. mas isso é papo para outra hora.

Porém, existem parâmetros para analisar um bom chute. São exatamente esses aspectos que você pode treinar e melhorar na próxima pelada.

Finalização no futebol: dicas e orientações

Como dissemos acima, existem alguns fatores para avaliar essa movimentação. Apoie sempre o pé oposto ao que você tem facilidade para oferecer sustentação ao corpo. Outros fatores que caracterizam o chute são:

  • A parte do pé que toca a bola no momento do chute determina a força e a precisão;
  • O posicionamento do joelho favorece a potência do chute;
  • Equílibrio do tronco e da cabeça favorece o movimento.

Ou seja, o posicionamento das partes do corpo e o local acertado da bola influenciam diretamente no trajeto. Por isso, aqui está a segunda dica essencial para melhorar a sua finalização no futebol: além de aprender mais sobre sua movimentação, saiba como bater em partes diferentes da bola. E se possível, com as duas pernas.

Como você vai fazer isso? Treinando e repetindo os fundamentos.

Para melhorar seu chute em direção ao gol, é  fundamental aprender não apenas como bater em todas as partes da bola mas com todas as partes do pé. Dessa maneira, além de ganhar mais opções de passe, você amplia suas chances de finalizações, independentemente de onde estiver dentro do campo. Em linhas gerais:

  • Bater na bola com o peito do pé na parte inferior da bola, em um ângulo diagonal, gera efeito.
  • Chutar a bola com o peito do pé na parte um pouco abaixo do centro, sem dar prosseguimento ao movimento, faz com que ela não gire e mergulhe de repente, parecendo que vai sair por cima do gol. Isso faz com que perca altura rapidamente tornando-a perigosa.

Finalização no futebol: conclusão

Então para a finalização desse post (desculpem-nos pelo trocadilho), aqui está a terceira dica essencial para melhorar a sua finalização no futebol: treine as bolas paradas. Estudos apontam que 25% a 50% das finalizações partem de situações semelhantes. 

Assim como já dissemos quase todos os posts do blog da Joga, para melhorar o seu chute em direção do gol e balançar as redes, é necessário treino. Tem um canal no YouTube com uns vídeos muito bons sobre finalização chamado FourFourTwo.  Dá uma olhada.

No final, futebol é disciplina, persistência, criatividade e diversão. Então, pratique! Entenda seu futebol! Jogue com os parças nas peladas! Consuma os conteúdo da Joga! Veja os vídeos do Maradona e do Pelé. Tenha autoconfiança e arrisque! E quando você menos esperar, estará finalizando com maestria.

CONHEÇA O APP JOGA